Bio

 

Antonio Quaresma de Sousa Filho, piauiense de Campo Maior, nasceu em 27/01/1953 sob os signos de Aquário e Dragão. Graduado em Educação Artística pela Universidade Federal da Paraíba, Mestre em Fotografia Artística pela New York University / International Center of Photography, Créditos e qualificação do doutoramento em Teoria da Imagem (Natureza Morta em Fotografia) pela Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa. Professor do Departamento de Artes Visuais da Universidade Federal do Piauí. Participou ao longo dos últimos 40 anos de várias coletivas no Brasil e exterior, realizando também exposições individuais em Teresina, São Paulo e New York, com fotos em acervos particulares de colecionadores do Brasil, França, Itália, Portugal, Alemanha e Estados Unidos.

Livros publicados: TEMPOS (2017), PHOTOGRAMME TERRA BRASILIS (2017) e PERSONA (2018).

Antonio Quaresma

 

Antonio Quaresma acredita que seu sexto sentido como fotógrafo busca e encontra beleza nas coisas mais simples, tais como formas da natureza e artefatos produzidos pelo homem. O resultado deste universo estético está nas imagens dos fotogramas de vegetais, como também nas fotos de pessoas na singularidade do trabalho cotidiano. Como fotógrafo profissional Antonio Quaresma tem trabalhos publicados em livros e revistas internacionais de Arquitetura. Sobre seu trabalho, Quaresma se define como fotógrafo de arte, cuja formação tem muito mais de autodidática do que acadêmica. “Encontrei na Fotografia minha forma de expressão artística”.

 

Quaresma toma para si a frase de Cartier Bresson: “fotografar é colocar o olho e o coração na mesma linha” e sempre cita José Medeiros, fotógrafo piauiense que averbava: “fotografamos o que vemos e o que vemos depende do que somos”.